Notícias

Notícias



Dificuldade de aprendizado pode ser problema de vista



Falta de atenção nas aulas e dificuldade para aprender são sintomas que preocupam os pais, principalmente quando as notas no boletim andam no vermelho. Mas o problema pode ter uma solução bem simples: o uso de óculos. Muitas vezes, as crianças enfrentam estas situações apenas porque não enxergam bem.

Na idade escolar, os problemas mais comuns são relacionados ao grau, é o que chamamos de necessidade de usar óculos: miopia, hipermetropia e astigmatismo.

Segundo André Cechinel, do Conselho Brasileiro de Oftalmologia, os pequenos têm dificuldade de identificar qual o problema, por isso não relatam dificuldade para enxergar.

— Por isso, é importante os pais observarem bem a criança e que ela seja examinada por um profissional, pois ela não percebe que a dificuldade dela está relacionada à visão.

Ao detectar qualquer sinal (veja alguns deles ao lado), os pais devem levar a criança ao oftalmologista, para que o diagnóstico seja feito. De acordo com Fabíola, o ideal é levá-la a primeira vez por volta de 1 ano de idade, e retornar aos 3.

— É importante que a criança tenha uma boa visão desde muito pequena, caso contrário ela pode desenvolver um problema chamado ambliopia: quando o olho não aprendeu a enxergar bem e o cérebro não codifica a imagem — afirma a oftalmologista. E completa: — É bom que as crianças venham uma vez por ano, pois um problema de visão pode surgir a qualquer momento.

Crianças saudáveis são cheias de energia e, por isso, correm risco de quebrar seus óculos. Especialistas recomendam que os pais escolham armações e lentes resistentes.

— A lente ideal é a de resina 1.6, pois é 100% inquebrável. As armações mais indicadas, por serem mais leves, são as de acetato com plaquetas anatômicas, que distribuem o peso para não machucar o nariz, que é muito sensível por estar em formação e tem a pele muito fina. A armação também não pode apertar as têmporas nem tocar nas bochechas — detalha Voriques de Oliveira, da ótica Zeiss.

Como as crianças crescem rápido, os óculos podem ficar pequenos e precisam ser trocados.

— É importante que os pais tragam a cada seis meses para avaliarmos o tamanho dos óculos. Se está pequeno, a criança olha por cima da lente. E o grau muda muito rápido — explica Fabíola.

Extra – 23/11/2017